segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Berlin





Se você estiver preparado e gostar de história o lugar mais apropriado é Berlin!




O lugar transpira história. Desde a estrutura já conhecida e utilizada por tantas outras cidades da Europa, quanto pela história da segunda guerra, holocausto, divisão ocidental e oriental e a queda do muro.






É simplesmente demais!



A sensação de jovialidade, juventude que senti lá foi certamente revigorante, principalmente neste momento de troca de fase (como diz a Giselle, passamos mais uma fase do video game, pelo menos se perder agora não volta desde o começo...) em que minha cabeça ferve idéias, reponsabilidades e afazeres.



É impressionante a quantidade de monumentos, museus e memoriais em homenagem aos judeus. Como que um pedido de desculpas ou algo parecido.



O estranho é a sensação que você tem ao entrar nestes lugares, aliás, não só nestes lugares, mas em quase todos. Uma guerra aconteceu ali, muita gente morreu, muita gente chorou, muita gente sobreviveu.



E quando perguntei pras alemãs que conheci quando fiquei hospedada na casa da Nina (alemã quase brasileira) elas falavam que os avós lembram, mas ninguém quer conversar muito sobre essas memórias. Então fica uma sensaçãozinha de água passada...de que ninguém pode falar, então finge que não aconteceu....mas não é bem assim.




Além disso Berlin nos oferece uma super estrutura cultural. Eu fiquei até perdida, com a quantidade de oferta de atividades, mas nesse mar de escolhas diferentes, eu me afoguei e vi muito pouca coisa. Mais eu diria que foi uma boa escolha. Vi "die schönsten Franzosen kommen aus New York" que é em bom e claro português, todos os quadros dos famosos franceses que estavam expostos no Metropolitan Museum of New York e devido a uma reforma estão viajando o mundo !

Aqui alguns dos meus favoritos:


Jean-Léon Gérôme, Pygmalion,1892

Foi realmente impressionante. Tinham quadro de várias escolas, impressionismo, expressionismo, neo-expressionismo, classissismo, etc. Dois ou três quadros particularmente me chamaram a atenção. Mas de qualquer maneira todos as pinturas, quando vc olha para o original são muito mais bonitos que aquelas cópias em papel de livros e etc.


Jules Bastien-Lepage - Jeanne d'Arc, 1879

No mais Berlin foi uma experiênica única e marcante. Uma cidade que cativou meu coração e que me faz querer voltar para lá para passar um período um pouco mais longo!


Vale a pena.


Vou aproveitar esse post, como sou engenheira irei otimizar e incluir aqui algumas informações do passado.


Eslováquia... merecia um post só sobre, mas devido a falta de tempo e paciencia, vai como anexo.


Um país lindo, cheio de gente amigável, frio e no norte tem muitas montanhas.

A viagem foi maravilhosa e melhorada pelo fato que alugamos um carroe tive a oportunidade de dirigir na Hungria e na Eslováquia.

A paisagem é simplesmente de pinturas. As altas montanhas e os grandes campos com pequenas vilas deixam tudo mais romantico e encantador. Mas foi nesse fim de semana que algo muito estranho aconteceu. Estavamos num hotel nume pequena cidade. Segundo andar. Saimos para jantar, quando voltamos, nada percebemos, mais tarde minha amiga e companheira de quarto sente falta da camera....procuramos e nada. Ainda mais tarde a outra amiga sente falta da carteira e do celular....mais tarde eu sinto falta do meu hidratante (???) e de algum dinheiro que estava na mochila. e ainda mais tarde a quarta amiga sente falta do pack de cigarros....hehehe


Alguém entrou no nosso quarto pela janela que deixamos aberta e roubou a camera, o celular, a carteira, meu hidratante, um maço de cigarro e largou meu Ipod em cima da minha cama....ladrãozinho burro!


Mas foi tudo bem tranquilo! Conversamos com a polícia e as meninas foram até a delegacia. Mas depois não conseguiram reembolso de nada pois o relatório dapollicia estava em eslováquio. Coisas de viagem!



Bom, no mais é isso.



E a jornada continua. Amsterdam....


2 comentários:

AQ. disse...

Hey, baby, não tinha visto... vou olhar com calma e comentar, mais do que a palavra-chave: Saudades!!
Papai Beto.

AQ. disse...

Oi, Ceci.
E Amsterdam, como foi?
Avisa seus amigos sobre este post que é muito bom. Não ficou com ´frio na barriga` com essa estrutura de vidro, não? Nem um pouquinho?
Bisous,
Beto.